teste de js
Docs. selecionados:

Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info Total de resultados: 149 Correspondência: 2 Documentos: 146 Imprensa: 1

A7-Fundo Gabinete do Governador
O Fundo da Repartição do Gabinete do Governador, que engloba documentação produzida por esta repartição desde meados dos anos 40 até 1974, era constituído inicialmente por 22 caixas de tipo archivex, totalizando cerca de 7 metros lineares. Encontrava-se totalmente classificado e organizado antes do conflito político-militar de 1998/99 (Repartição do Gabinete do Governador - Catálogo Sumário, http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=09710.000), tendo desde então sido recuperadas 14 caixas, as quais se encontram neste momento integralmente disponíveis online.
Em termos temáticos, existe uma predominância de documentação referente aos governos de Arnaldo Schulz e, principalmente, António de Spínola. Tal pode indicar ter havido uma maior produção documental no período da luta de libertação, o que será particularmente verdade para Spínola, que sabemos ter encetado um esforço de reorganização da colónia. Outra hipótese, que carece de investigação, é a de os governadores anteriores a Spínola terem levado consigo, após deixarem o posto, a documentação do seu gabinete, prática aliás relativamente comum em cargos políticos. É igualmente relevante notar que se encontra presente neste fundo documentação respeitante ao conturbado período entre o 25 de Abril e o 10 de Setembro de 1974 (reconhecimento formal da independência da República da Guiné-Bissau por parte de Portugal).
Já em termos de tipologia documental, trata-se essencialmente de correspondência, expedida e recebida, organizada por dossiers temáticos e cronológicos, embora muita da organização inicial se tenha perdido.
O estado em que a documentação se encontrava, no início dos trabalhos de digitalização, era, apesar das circunstâncias, bastante razoável, tendo as operações de limpeza e conservação sido mínimas.
Na impossibilidade de proceder a uma classificação analítica ao nível do documento, como é prática corrente na grande maioria dos fundos presentes em casacomum.org, optou-se por manter a organização efectuada pelos técnicos dos AHN/INEP em finais da década de 80 do século XX - mantendo assim a coerência com a documentação física existente (e consultável nas instalações dos Arquivos Históricos Nacionais da República da Guiné-Bissau). Contudo, e visando melhorar a acessibilidade da documentação (agora) em contexto digital, as descrições documentais foram corrigidas e aprofundadas, e procedeu-se, sempre que se justificou, a subdivisões das unidades de instalação existentes, assim facilitando, por um lado, as pesquisas documentais, e por outro, procurando uma maior aproximação à organização coeva por pastas/dossiers, típica da administração colonial portuguesa .

Dimensão
14 caixas de tipo "archivex" (4,5 metros lineares), divididas em 148 unidades de instalação, correspondentes a cerca de 30.000 imagens.

Estado de Tratamento
Integralmente digitalizado e classificado