Docs. selecionados:

Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info Total de resultados: 111 Correspondência: 58 Documentos: 53

Arquivo Histórico
Logo aquando da criação do Museu da Guiné Portuguesa, pelo decreto n.º 36.639 de 29 de Novembro de 1947, foi estabelecido que, na sua dependência, funcionasse um Arquivo Histórico.
Foi nesse sentido, e logo em 1948, que Fausto Castilho Duarte (Cidade da Praia, Cabo Verde, 1903 - Lisboa, Portugal, 1953), escritor e funcionário colonial radicado na Guiné, beneficiou de uma bolsa do Museu e Centro de Estudos Guiné Portuguesa para pesquisar documentação histórica relativa à Guiné existente nos arquivos da metrópole. Enviava regularmente transcrições (e cópias) das suas recolhas para Bissau, quer para publicação no Boletim Cultural da Guiné Portuguesa, quer para a constituição de um arquivo disponível à consulta de todos os interessados nas instalações do Museu da Guiné Portuguesa, objectivo que defendia na sua correspondência.
Esta série reúne a correspondência recebida de Fausto Duarte acima referida. Pese embora as alterações orgânicas e organizacionais entretanto ocorridas nos arquivos portugueses, é possível o cruzamento de dados das transcrições enviadas com os originais manuscritos existentes em Lisboa, pelo que esta documentação poderá possuir ainda um inegável interesse prático (e histórico).
Após a morte de Fausto Duarte, é considerada em 1956 a contratação de um bolseiro que viesse a desempenhar as mesmas tarefas. Não foi contudo possível encontrar um corpo de trabalho similar ao enviado por Fausto Duarte aqui presente, e o Arquivo Histórico, embora tivesse continuado a receber alguma documentação (designadamente por ofertas de particulares e por transferência de outros serviços, caso do arquivo dos Serviços de Administração Civil deixado em Bolama), nunca veio a ser devidamente organizado pela administração colonial.