Docs. selecionados:

Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info

03. Imprensa e recortes
Encontram-se reunidos nesta secção um conjunto de diversos títulos de imprensa, bem como dois grupos de recortes, que foram reunidos e organizados em caixas por Alberto Pedroso.
Manteve-se essa forma de organização dada por Alberto Pedroso, apenas se reagrupando pontualmente alguns exemplares de periódicos com o mesmo título, que se encontravam misturados com outros, procurando imprimir-se-lhes a sequência cronológica de publicação.
Uma análise dos próprios documentos físicos, da temática que abrangem e da época em que foram publicados, indicia que uma boa parte dos títulos aqui presentes resulta de uma acção de reunião de exemplares, levada a cabo por Alberto Pedroso, a partir de espólios de outras individualidades que consultou ou recolheu sob sua posse. Outros exemplares ter-lhe-ão, eventualmente, sido oferecidos, devendo ainda considerar-se a possibilidade de outras formas de aquisição.
Na generalidade, a maior parte dos jornais e recortes perderam os elos de ligação aos seus proprietários originais. No entanto, ao longo do trabalho de tratamento e descrição foi possível identificar um universo de proveniências como sejam os arquivos pessoais de Alexandre Vieira, Adelino Augusto Ferreira, António Augusto Ferreira de Macedo, César Anjo ou Maria Elsa Anjo de Faria, todos com secções próprias atribuídas no fundo de Alberto Pedroso, pelo facto de este reunido documentação que lhes pertenceu. Destaca-se ainda a existência de vários exemplares endereçados a Álvaro Viana de Lemos, que terão chegado às mãos de Pedroso por via de Maria Elsa César Anjo ou da sua própria esposa, Maria Isabel César Anjo, ambas irmãs de Augusto César Anjo que foi casado com uma filha de Viana de Lemos.
No que se refere aos recortes de imprensa, existe um grupo com um período cronológico situado entre 1926 e 1972, não tendo sido possível determinar quem os seleccionou, mas que acabou em posse de Alberto Pedroso. Encontravam-se reunidos num dossier, tendo-se respeitado a ordem física pela qual estavam organizados. No geral, são artigos sobre diversas personalidades falecidas - destacando-se um número significativo alusivo a Oliveira Martins e Eça de Queirós -, recortes sobre as comemorações do 1.º de Maio em vários anos, e outros temas de teor político.
Um segundo grupo de recortes avulsos, coligidos por Alberto Pedroso, contém artigos sobre os falecimentos de Rodrigues Lapa, Lino Lima e Humberto Soeiro.