teste de js
Docs. selecionados:

Pesquisa Avançada
Voltar aos arquivos



Info

MRPP/PCTP
O fundo relativo ao MRPP/PCTP reúne um conjunto de documentos relativos ao partido e organizações com ele directamente relacionadas.
A organização da documentação prende-se com a própria estrutura do partido, seguindo, por norma, as suas designações institucionais no que respeita aos seus órgãos centrais, regionais e sectoriais, bem como organizações unitárias diversas.
Contam-se igualmente no acervo diversos documentos relativos aos Congressos Nacionais do MRPP, bem como a conferências nacionais, e a diversas campanhas dinamizadas pelo partido.
O acervo inclui ainda publicações várias produzidas pelo partido ou por este divulgadas, e títulos da imprensa central como é o caso da "Bandeira Vermelha" e da "Luta Popular".
Destaque ainda para uma significativa colecção de cartazes.

Instituição
Fundação Mário Soares

Nota biográfica/Institucional
Em 18 de Setembro de 1970 foi fundado em Lisboa o MRPP – Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado, de inspiração maoísta, defendendo que o Partido Comunista Português se afastara do proletariado, pelo que era necessária a sua reorganização. Foram seus fundadores Arnaldo de Matos, que foi seu primeiro secretário-geral, Fernando Rosas e João Machado.
Antes do 25 de Abril de 1974, teve larga actividade, nomeadamente entre os estudantes e jovens operários, que prosseguiu após a revolução que pôs termo à ditadura. Foi legalizado como partido em 18 de Fevereiro de 1975, e pelas suas fileiras passaram muitas figuras da política portuguesa.
Em 26 de Dezembro de 1976, na sequência do I Congresso Nacional, passou a designar-se Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses, com a sigla PCTP/MRPP.
Tem como órgão central de divulgação política e ideológica a publicação “Luta Popular”, que foi lançada em 1971, ainda durante o período de clandestinidade.